Trans Verso



BRASIL, Mulher, Portuguese, Cinema e vídeo, Arte e cultura, Livros, Viagem, Praia, Cachoeira, Trilha
MSN - mpoesia@hotmail.com
border=0
 
   Arquivos

     
    border=0
    Outros sites

     PERSONARE
     CLIMATEMPO
     SENTIDO
     GULODICE
     FABIANA BORGIA
     Veja o Mapa Astral do Dia
     UOL - O melhor conteúdo
     Elaine Bertone
    meu facebook
     Nany Pet Sitter - A babá do seu pet


    Votação
    Dê uma nota para meu blog



    border=0
     


    A RIMA DO MEU VERSO

     

     

    A RIMA DO MEU VERSO **

     


     

    Estou a minha procura,

    à cata de uma resposta,

    indignada com a loucura,

    com medo de ser a própria...


    Que faço eu nesta encarnação

    que me foi dada pelos deuses

    astronautas ou não...

    Esta chama que me devora os olhos,

    não se iguala às palavras

    que eu amoldo em versos...


    Minha sede de viver e questionar

    é mais alta que a minha estatura,

    minha silhueta é miúda,

    mas a visão interior é irriquieta

    e aguda,

    perturba nas horas mais impróprias,

    como agora: taças, brindes, risos...

    há uma festa ao meu redor

    e os meus sentimentos confusos

    se misturam ao licor


    Será o amor um conflito?

    Nas horas de silêncio,

    às escuras,

    só eu mesma ouço o meu grito...


    Amar como eu amo,

    talvez seja loucura,

    o que importa é o estratagema

    de viver uma grande aventura

    e amar contra todo o sistema

    que ainda se mostra perplexo.

    O amor não tem fronteiras,

    está além do ortodoxo

    mas o tabu,

    esse é a rima do meu verso,

    o tabu é ainda uma questão de sexo...

     

    Por Elaine Bertone / ano: 2000

    ** (Esse poema foi iniciado muito antes de ser concluído no ano 2000.  Ele é fruto de muitos conflitos éticos, religiosos e sociais... Foi sendo retocado e amadurecido com o passar dos anos, mas retratou um período de inquietação, rebeldia e inconformismo, em que uma adolescente questionadora sentiu a ncessidade de desabafar.) 


     



    Escrito por Elaine Bertone às 20h15
    [   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
    border=0